Um produto de qualidade na mesa começa com a escolha certa na hora da compra e se estende até as etapas de armazenamento e de preparo da hortaliça pelo consumidor. Aqui você aprenderá como obter o melhor dos benefícios que brócolis pode oferecer a você e sua família.

Confira as dicas!

Compra

No momento da compra o brócolis deve ter as seguintes características:

Uma outra opção, além da hortaliça fresca, é a compra na versão congelada. Se congelado da maneira correta, o brócolis mantém sua qualidade, sabor e nutrientes. Atualmente, existem excelentes marcas no mercado, que comercializam o brócolis já de forma selecionada e prática para o consumo.

Armazenamento

O brócolis demanda alguns cuidados no armazenamento para manter suas características adequadas até o momento do preparo. Veja quais são eles:

  • O brócolis deve ser armazenado em geladeira, dentro de um saco plástico perfurado, de preferência de cor escura, por até 5 dias.
  • Se a hortaliça for mantida em condição ambiente, ela deve ser consumida no mesmo dia em que foi efetuada a compra.
  • Caso a ideia seja prolongar o tempo de vida útil do brócolis, o consumidor pode também realizar um congelamento caseiro, por meio do processo chamado “branqueamento”. Para isto, descarte as folhas e os talos mais grossos e duros, desmembrando os floretes do brócolis. Após este procedimento, deve-se deixá-los de molho em água e limão por meia hora. Na sequência, os floretes devem ser retirados desta solução e mergulhados em água fervente de 3 a 5 minutos. Depois desta etapa, é preciso colocar a hortaliça em um recipiente com água e gelo, até esfriar. Assim que frios, os floretes devem ser secados e colocados em um saco plástico sem ar dentro (retirado manualmente ou com o auxílio de uma bomba de vácuo) e levado ao freezer. O tempo de duração do brócolis congelado desta forma será de até 3 meses.

Vale ressaltar que não apenas as flores do brócolis podem ser consumidas, mas também as folhas e o caule (pedúnculo), que são bastante saborosos e nutritivos.

Limpeza

A hortaliça in natura pode ser lavada em água corrente e/ou deixada de molho em água com um pouco de vinagre por cerca de 30 minutos. Depois disso, pode ser preparada e consumida da forma que for desejada.

Caso a hortaliça tenha sido adquirida minimamente processada (já cortada e embalada), verifique no rótulo sobre a necessidade ou não de higienização.

O vegetal congelado não precisa passar por este processo.

Formas de Utilização

Por ser um alimento muito versátil, o brócolis pode ser consumido cru, cozido, grelhado ou como ingrediente em diversos preparos culinários, como saladas, sopas, tortas, suflês e refogados, seja no prato principal ou no acompanhamento da refeição.

Cozimento

O ponto de cozimento do brócolis é um dos principais segredos para consumí-lo de forma bastante saborosa e nutritiva.

Uma dica é não cozinhá-lo por tempo muito prolongado, pois isso prejudica tanto a textura, quanto a aparência da hortaliça, além de causar a perda de nutrientes fundamentais e liberar um odor desagradável.

Por isso, indica-se cozinhá-lo no vapor ou utilizando-se de um forno micro-ondas, mantendo-o macio e ainda crocante, e com maior potencial de nutrientes absorvíveis pelo organismo, em especial as substâncias que previnem o câncer.

Algumas dicas de cozimento para manter as propriedades do brócolis:

Com a utilização destes métodos, será possível desfrutar de um alimento muito saboroso, com a coloração, textura e as propriedades nutracêuticas, em sua maioria, preservadas.

No caso de utilização do produto congelado, o processo de descongelamento é rápido e, quando em quantidades menores, ocorre durante o próprio processo de preparo do prato. Verifique as indicações específicas do fornecedor na embalagem, para o consumo mais adequado do produto.